Da saudade

Saudade de abraçá-lo livremente, de beijá-lo como se não houvesse amanhã, de sentir o seu cheiro, de olhá-lo directamente na alma.

Sinto falta do meu marido.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>