Determinação

Há pessoas com muita determinação. Pessoas com muita vontade para resolver a vida e sem medo de enfrentarem os problemas. Há pessoas assim, daquelas que acreditam que conseguirão superar os obstáculos e ultrapassar as barreiras.

Gosto de pessoas feitas desta fibra e estou grata por ter contar com a F. na minha vida. Obrigada por tudo, espero conseguir retribuir na medida em que mereces.

Perdoa-me.

Não consegui contar a verdade. Perdi a coragem e uma úlcera foi a doença que escolhi para camuflar a verdadeira. Não justifica todos os sintomas que tenho tido, mas espero que arrume algumas ideias na cabeça do meu marido.

Um dia todos nós morreremos. É uma lei, um final inevitável. Até chegar esse dia, podemos viver em paz. Ou tentar, pelo menos.

Amo-te muito, meu amor. Só espero que um dia consigas perdoar-me.

 

Do altruísmo

Há poucos dias li, num outro blogue, sobre a necessidade de contar à família e aos amigos. O meu médico tem insistido nesta ideia.

Não quero. Sou egoísta na decisão de não contar, mas estou a ser altruísta ao querer proteger quem amo.

Foi um dia de loucos na imobiliária e vou descansar. Não sei se está alguém desse lado, mas agradeço à mesma por lerem o que escrevo.