Cancro

O cancro dilacerou-me, tirou-me anos de vida saudáveis em poucos meses. Interrompeu a minha vida, as minhas rotinas, abalroou-me no caminho certo que percorria. Sempre achei que seria possível enfrentá-lo e derrota-lo sem deixar mazelas grandes. Sei, agora, que não foi possível. Porquê? Enfrentei-o, derrotei-o, mas as mazelas são grandes e profundas. A nível físico, sei que a recuperação poderá ser lenta e que o meu corpo nunca mais será o mesmo. E a nível emocional? O que é que vai acontecer?

Estou focada em recuperar tudo, contudo as dúvidas são muitas e, às vezes, perco as forças e a coragem.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>