Momento

O momento aproxima-se. Sei que tudo vai mudar e a única coisa que peço é: regressar com coragem para enfrentar o mundo e a minha família.

Acredito que, até agora, fiz tudo o que fiz por amor e também acredito que serei perdoada. Arrisquei bastante, mas foi por um bem maior.

Vai correr bem.

 

A espera…

A espera, às vezes, desespera. Estou quase a ser operada e a minha cabeça enche-se de milhares de dúvidas e medos. Quero tirar este tumor de dentro de mim, recuperar a minha saúde e seguir a minha vida. No entanto, tenho medo, penso em tudo o que poderá correr mal e fico quietinha no meu canto a pensar nas variáveis que se apresentam.

Não posso contrariar o destino. Este destino.

Outubro Rosa

Outubro é o mês de prevenção do cancro da mama. Não significa que durante os restantes meses não deva ser feita a prevenção e o diagnóstico precoce, mas Outubro foi o mês escolhido para assinalar a urgência em prevenir, e detectar precocemente, este tipo de cancro.

Apoiem a causa e, principalmente, estejam atentas ao vosso corpo.OUTUBRO ROSA

 

 

Sem retorno

Já não há nada que possa fazer, neste momento. Não posso adiar a cirurgia e ainda não posso contar a verdade ao meu marido. Lamento imenso ter chegado a este ponto. Afinal, ele é o homem que amo, que admiro.

Agora, não há volta para trás, o único caminho é para a frente.

Triste

Hoje estou triste.

O amor da minha vida duvida de mim e dos meus sentimentos. Confesso que já tinha imaginado que pudéssemos chegar a uma situação limite, mas havia uma réstia de esperança de que isso não acontecesse. Aconteceu. Está a acontecer e eu preciso de reunir todas as minhas forças para não vacilar.

Tudo acontece ao mesmo tempo e eu sou, apenas, uma.

Apreensão

Claramente está tudo alterado: a C. não está bem e não tenho notícias da B.

Preocupo-me bastante com as pessoas que me são queridas e eu vou ficando para segundo plano. O aproximar da cirurgia deixa-me nervosa, mas hoje pensei pouco nesse assunto. Sei que precisarei de me focar nesse dia e em resolver essa grande questão, mas para já estou preocupada com as minhas pessoas.